Início Contato Editorial
ParlamentoPB







Vereador denuncia esquema para amarrar apoio a Gustavo e Anésio em Santa Rita

Câmaras
26.12.2016 - 14:28:09
 
Vereador denuncia esquema para amarrar apoio a Gustavo e Anésio em Santa Rita
 
Parlamentopb.com.br - Áudio
  Clique para ouvir
O vereador Cícero Medeiros (PRB), de Santa Rita, denunciou hoje um esquema para garantir a eleição de Gustavo (PTN) no primeiro biênio e Anésio Miranda (PSB) no segundo. Ele contou a tratativa durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM. O acordo foi oferecido aproximadamente um mês atrás durante encontro mantido na àrea de Lazer do vereador Galego da Boa Vista a Cícero e mais dois companheiros eleitos - Sérgio Confecções (PSDB) e Gil´s Bar (PSDB)- para que eles pudessem se juntar ao grupo de 10 vereadores que já estariam fechados com o plano.
 
A meta seria fechar o voto em bloco não apenas às chapas para a mesa diretora na Câmara, mas para o voto coeso nas matérias que o futuro prefeito, Emerson Panta (PSDB) enviará à Casa Legislativa. A desobediência em qualquer período poderia acarretar a cassação do mandato do dissidente. 
 
Para tomar parte no bloco dos 10, os neófitos precisariam obedecer certas normas: a primeira delas  seria a gravação de um vídeo garantindo o apoio à chapa e dizendo que a mudança de orientação seria decorrente do "recebimento de dinheiro" oferecido por outro candidato. Só depois da filmagem, os três novos parlamentares foram avisados que teriam também que assinar um documento prometendo obediência às orientações das mesas diretoras, sob pena de ter o mandato cassado em caso de discordância posterior.
 
O bônus seria a oferta de assessorias extras na Câmara, embora não em número igual às dos parlamentares que já estavam no esquema. 
 
Neste momento, segundo Cícero, ele e os dois companheiros desistiram de participar do grupo. Mas, como o vídeo ficou em poder do irmão de Galego, Rogério, eles decidiram ir a público denunciar o esquema.
 
Integrante do bloco dos 9 vereadores que não acertaram o voto em Gustavo e Anésio, Sebastião Miranda (PT) acompanhou os dissidentes ao programa de rádio e criticou a atitude do bloco que, segundo ele, pretende manter os vereadores e o prefeito reféns.
 
"Eu não votei em Emerson Panta, mas não posso admitir que Santa Rita caia de novo no mesmo esquema que marcou as gestões de Reginaldo Pereira e Netinho. Eu sabia do modus operandi: a intenção é amarrar os vereadores e imprensar o prefeito. É uma prática muito pesada", disse Sebastião.
 
O duodécimo da Câmara de Santa Rita é superior a R$ 536 mil e será reajustado em 2017.
 
No link de áudio acima você pode conferir o que disseram os vereadores na Arapuan FM.


      Enviar notícia por e-mail

 
Últimas Notícias

13:06:50
Muriçocas e carnaval alteram expediente nas repartições estaduais
 

13:03:13
Eduardo Carlos visita Manoel Júnior na Prefeitura da capital
 

13:00:27
Biografia de Paulo Pontes em quadrinhos será lançada nesta quarta
 

05:37:49
Projeto que dá aumento de 5,5% a servidores do MP é encaminhado à Assembleia