CAPA / Notícias / OAB-PB é acusada de desvirtuar o processo
Paraíba, 25 de Julho de 2014

Pesquisar no site  
Editorial




Paraíba
26.03.2011 - 08:43:49
OAB-PB é acusada de desvirtuar o processo


Uma eleição indireta escolheu o advogado Cláudio Diniz como novo presidente da seccional da OAB (Ordem dos Advogados Brasil) da cidade de Sousa, na tarde de ontem. A escolha ocorreu na sede da entidade em João Pessoa. Diniz, natural da cidade de Conceição, mas radicado em Sousa há vários anos, obteve 19 votos contra 4 do concorrente, o também advogado Francisco Dinarte Fernandes.

 
A eleição que envolveu apenas 24 conselheiros da OAB estadual contrariou a decisão da seccional de Sousa que empossou, na última terça-feira, o advogado Lamartine Bernardo, que assumiu o cargo com o afastamento do titular José Alves Formiga que deixou o cargo para assumir a secretaria de Administração Penitenciária no Governo Ricardo Coutinho (PSB).
 
O advogado Lamartine Bernardo promete ir à Justiça contra a decisão do conselho.
 
VACÂNCIA
 
A OAB estadual declarou a vacância do cargo de presidente da OAB Sousa depois que o presidente José Alves Formiga assumiu uma secretaria no governo do Estado. Em seguida a direção estadual da entidade lançou edital convocando eleições indiretas, o que gerou revolta de vários advogados de Sousa, muitos deles insatisfeitos alegando que nem se quer tiveram acesso ao edital.
 
Muitos juristas da cidade já anunciam a impetração de um mandado de segurança para anular as eleições indiretas e manter o advogado Lamartine Bernardo no cargo de presidente. 
 
O advogado Cláudio Diniz disse que o resultado já foi publicado na própria sessão do conselho da OAB e anunciou que tomará posse na presidência da OAB/Sousa na próxima segunda-feira.
 
O OUTRO LADO
 
O presidente da OAB-PB, Odon Bezerra, disse que o procedimento seguiu o regimento interno da OAB-PB. “O cargo público é incompatível para exercer a advocacia e, portanto, assumir a presidência. Como o afastamento de Formiga não foi informado oficialmente, o cargo foi declarado vago. Nesse caso, é feita uma eleição indireta. O edital foi publicado no Diário da Justiça em 3 de março e três nomes se escreveram. O Conselho Seccional da OAB escolheu e cumpri”, disse.
 
 
Jornal da Paraíba


         
Imprimir Notícia
       

Últimas Notícias
20:06:11
Benjamin Maranhão nega irregularidades na documentação
20:03:40
Ricardo vai a velório de Ariano e diz que escritor era iluminado
17:43:45
Previsões meteorológicas na Paraíba apontam para chuvas escassas
17:30:58
Polícia e BB confirmam redução de ocorrência nas agências da PB
16:54:29
Ronaldinho vê desespero em adversários e rebate acusações


Copyright 2009 - 2014 - Parlamentopb.com.br