Início Contato Editorial
ParlamentoPB







Anastácio apoia acampamento de 600 famílias sem teto, em Caaporã

Assembleia
30.12.2016 - 15:48:38
 
Anastácio apoia acampamento de 600 famílias sem teto, em Caaporã
 
O deputado estadual Frei Anastácio (PT) está apoiando a luta de 600 famílias sem teto, que estão acampadas numa área pública que fica no município de Caaporã. “As famílias são das periferias da cidade e da zona rural. São pessoas pobres, sem emprego e sem casa para morar que buscam um teto”, disse o deputado.
 
O acampamento está sendo coordenado por dois pastores da Igreja Assembleia de Deus, que solicitaram o apoio do parlamentar na reivindicação das famílias, que querem que o poder público aponte uma solução para o problema delas. “Muitas dessas pessoas, não possuem nem condições para comprar alimentos. Vamos ajuda-las nessa caminhada, esperando que em 2017 seja dada uma solução para essa situação triste”, afirmou o deputado.
 
Frei Anastácio já esteve no acampamento várias vezes. Fez doação de cestas básicas, viabilizou lonas para as barracas e irá agir politicamente para ajudar as famílias. “Não podemos deixar de apoiar esses pobres que buscam  dignidade. Aquelas famílias estão reivindicando uma das necessidades básicas do ser humano, que é um teto para morar”, disse.
 
O pastor Edvaldo, um dos coordenadores do acampamento Cidade Nova, disse que o apoio de Frei Anastácio é muito importante, já que o parlamentar conhece bem esse tipo de luta. “Conheço a atuação de Frei Anastácio há quase 40 anos e ele sempre está ao lado dos pobres e necessitados”, disse o pastor. O parlamentar também distribuiu o informativo com o balanço das atividades do mandato, em 2016, e o tradicional calendário que é confeccionado todos os anos.
 
Visita a acampamentos de sem terra
 
Nesses últimos dias do ano, Frei Anastácio também visitou vários acampamentos de trabalhadores sem terra, a exemplo de Fazendinha e Paraíso, em Mogeiro, na região do Agreste, onde também fez doações de cestas básicas. Esteve também em Ponta de Gramame, onde dezenas de famílias estão ocupando uma área com mais de cem hectares, que está sendo degradada para loteamento habitacional. O fato já foi denunciado, pelo parlamentar, ao Ibama e Sudema, além do Ministério Público Federal.
 
“Nesse caso, são famílias que estão em busca de terra para trabalhar. Na Paraíba, existem cerca de quatro mil famílias morando debaixo de lonas a espera de terra para plantar e tirar o seu sustento. O pior é que não vislumbramos dias melhores para 2017. O governo golpista cortou metade dos recursos do orçamento para a reforma agrária, em 2017. Isso significa que não teremos avanços na reforma agrária no ano que se aproxima”, lamentou Frei Anastácio.
 
O deputado disse ainda que intensificará a atuação do mandato dele junto às bases sociais, em 2017, apoiando as pautas de reivindicações dos trabalhadores do campo e da cidade, bem como dos movimentos sociais. “Iremos combater todas as ações que forem contra o interesse dos trabalhadores. Desejamos a todos e a todas um feliz 2017. Que Deus nos abençoe com dias melhores”, desejou o deputado.


      Enviar notícia por e-mail

 
Últimas Notícias

23:11:16
Marmuthe critica Governo por incluir devedores no SPC e Serasa
 

22:18:28
Hélder Barbalho falará sobre transposição segunda-feira na Fiep em Campina Grande
 

19:56:54
Juiz mantém multa a Cruz Vermelha por atraso de salários no Trauma
 

19:52:07
Prefeitura de Santa Rita adota medidas para diminuir acidentes na estação de trem